Os vídeos e fotos desta seção são promocionais, trailers ou vídeos publicados livremente em blogs na Internet. Recomendamos que você os assista, mas depois adquira as cópias originais. Se você é detentor dos direitos autorais de quaisquer obras aqui publicadas indevidamente, por favor entre em contato para que possamos removê-las.

sábado, 28 de maio de 2011

Henri Castelli vai interpretar um bissexual em ´O Astro´ .

Os atores Henri Castelli e João Baldasserinideram a maior pinta” na Praia do Diabo, no Arpoador.

Porém, ao contrário do que se pode imaginar, os atores estavam gravando as cenas da série ‘O Astro’, remake da novela com o mesmo nome, escrita por Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro, que estreia no segundo semestre na Globo.

Na trama, Henri vai ser Felipe, filho de Nelson Cerqueira (Celso Frateschi), que trabalha para Salomão (Daniel Filho) e é seu fiel escudeiro. Bissexual e golpista, tem um caso com Henri (Baldasserini), cabeleireiro de Clô Hayalla (Regina Duarte), seu cúmplice em todos os golpes.


@dehzinho0

Trevor Adams














@dehzinho0

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Som das vogais indica a orientação sexual do falante, segundo cientistas

Num encontro da Sociedade de Acústica da América, pesquisadores apresentaram descobertas que sugerem que o som das vogais de acordo com que são pronunciadas pode indicar a orientação sexual do falante.
"
Não tenho certeza sobre o que exatamente os ouvintes respondem ao ouvirem as vogais. Outros pesquisadores fizeram várias análises acústicas para entender por que homens gays e heterossexuais produzem sons diferentes para as vogais. Seja essa diferença qual for, ao que parece, ouvintes utilizam-na para decidir qual a orientação sexual da pessoa", afirmou um dos pesquisadores.
Fonte: Cena G


@dehzinho0

Jornal americano cria seção online para jovens gays

O importante jornal norte-americano "New York Times" lançou uma seção em seu site chamada "Coming Out" para que jovens gays possam compartilhar suas histórias de vida.


A idéia surgiu depois de a publicação ter se sensibilizado por diversas matérias publicadas sobre jovens que sofrem bullying e outros que acabam cometendo suicídio por não aguentarem a pressão.


O jornal entrevistou cerca de 100 jovens. As histórias estão sendo postadas no site com fotos e áudio. O site disponibiliza também um formulário para os leitores enviarem suas histórias.
Fonte: Cena G

@dehzinho0

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Comediante doa 50 mil dólares para ONG gay após show com protesto de homofóbicos

A comediante Lisa Lampanelli foi provocada pela Igreja Batista de Westboro quando anunciou um show na cidade de Tapeka, Kansas.

Membros da igreja prometeram protestar a presença da artista conhecida por seu humor ácido na cidade. Tapeka é onde está a sede desta igreja, famosa por ter um pastor que possui várias mulheres e que coloca os filhos e outras crianças em funerais de soldados para dizerem que as mortes são castigos divinos em razão do reconhecimento dos direitos gays no país.

Lisa, ao saber que iriam fazer um protesto no show, anunciou que doaria mil dólares a cada homofóbico que aparecesse por lá. Como 48 manifestantes foram até o local do show com cartazes com os inscritos "Deus odeia os gays" e "Deus odeia Lisa", a artista resolveu arredondar a conta e doou 50 mil dólares para a Gay Men’s Health Crisis (GMHC), que cuida de gays soropositivos.

Sem perder a piada, Lisa Lampanelli disse: “Vai ser hilário escrever o cheque para o GMHC e eles mandarem um cartão de agradecimento para o pessoal da igreja”.
Fonte: Cena G

@dehzinho0

terça-feira, 24 de maio de 2011

na Cam *



@dehzinho0

Eliana vai realizar concurso de “bate-cabelo” com travestis em programa

O programa dominical da apresentadora Eliana, no SBT, vai investir no mundo das drag queens.


A partir do próximo domingo (29), irá ao ar o Concurso Bate-Cabelo. A idéia é mostrar qual é a travesti que consegue girar mais a cabeça.


Para apresentar o quadro, Eliana vai ter a ajuda da drag Robytt Moon, considerada a rainha do bate-cabelo no Brasil. A vencedora vai levar um prêmio em dinheiro de R$ 1.000, além de um kit peruca.

Fonte: Uol


@dehzinho0

Gêmeos


Adorei...
AnselmoR.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Léo Àquilla lança videoclip gravado nos EUA

Léo Àquilla que é uma das drags mais famosa do Brasil acaba de lançar um videoclip gravado nos Estados Unidos, o clip é da música "No Passo da Mona", o engraçado é que as pessoas dão dinheiro pra Léo (acho que pensando que é um artista de rua) e ela até colocou no final do videos algumas pessoas dando dolares, é engraçado.

E a Léo não para por ai, brevemnte lançará o videoclip da música "I am Luxurious" que também foi gravado no exterior mas dessa vez na França, Bélgica e Italia


Videoclip "No Passo da Mona"



Aproveitando o assunto vou postar aqui alguns videoclipes de drags famosas como Dimmy Kieer, Ikaro, Dillah Diluz e da drag mais famosa do mundo RuPaul.



Dimmy Kieer - Look My Hair




Ikaro - Dirtyfilthy




Dillah Dilluz - Travileirinho




RuPaul & Elton John - Don't Go Breaking My Heart




RuPaul - Cover Girl  feat. Bebe Zahara Benet, Nina Flowers, and Rebecca Glasscock



sexta-feira, 20 de maio de 2011

Os irmãos Mangiatti em um maravilhoso sexo grupal




Ivete Sangalo é cobrada por um pai de santo

Definitivamente a @IveteSangalo e @PretaMaria são loucas, elas gravaram um video muito bom que esta bombando no Youtube, O video mostra Ivete sendo cobrada por um mini Pai de Santo, esse video rebate todos os videos em que mostra Ivete incorporando o Demonio ...
Muita gente não gostou do video, por usar uma criança e falar de Jesus em vão, mais eu AMEI, Ivete Sangalo é uma diva e junto com Preta Gil o video só podia ser engraçado ...

assista o video e tire suas conclusões:



@dehzinho0

terça-feira, 17 de maio de 2011

French BIG Cocks



@dehzinho0

Assista o primeiro video da campanha Rio sem Homofobia

Esse é o primeiro video da campanha Rio sem Homofobia que foi lançada hoje dia Internacional da Luta contra Homofobia (17/05), a campanha é finaciada pelo governo do Rio e serão destinados cerca de quatro milhões de Reais para a campanha.




2 Big Cocks



@dehzinho0

Jovem vai ficar sete anos na cadeia por ataque homofóbico

O adolescente Adam Ayres, 18 anos, foi condenado a sete anos de prisão por ter se envolvido em um ataque homofóbico em Leicestershire, na Inglaterra.


Na época, o rapaz conheceu um homem de 50 anos em um site e marcou de se encontrarem num estacionamento. No local, ele armou uma emboscada com três amigos.


A vítima foi espancada com tacos de beisebol, teve traumatismo craniano e precisou de 28 pontos na cabeça.
Fonte: CenaG


@dehzinho0

Casal gay em crise vai participar do programa SOS Casamento, do SBT

A decisão do Supremo Tribunal Federal de aprovar a união homoafetiva tem provocado mudanças em vários setores a favor das pessoas de orientação sexual diferente.


No SBT, um casal gay em crise vai participar do programa S.O.S Casamento, atração que tem ajudado casais héteros a discutir a relação e voltarem a ser felizes.


O programa é comandado pela psicóloga, sexóloga e terapeuta de casais Ana Canosa com 20 anos de experiência vai ao ar no final desta temporada..

Fonte: CenaG

@dehzinho0

segunda-feira, 16 de maio de 2011

sábado, 14 de maio de 2011

Sapatos de Lady Gaga em formato de pênis são censurados em programa de TV

Os sapatos que Lady Gaga usou na participação no programa American Idol, nesta semana foram censurados.


Os saltos tinham o formato de um pênis.


Diante da polêmica que o sapato poderia causar, a emissora tomou a decisão de não mostrar os pés da cantora.


O par de sapatos foi criado pela Void of Course e custa 4 500 dólares.

Fonte: Cena G

@dehzinho0

Cantora Wanessa interpreta hino nacional no VIII Seminário LGBT na Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados realiza na próxima terça-feira (17), em Brasília, o VIII Seminário LGBT sob o tema "Pela aprovação da PEC do casamento civil entre homossexuais", que em sua abertura vai contar com a participação da cantora Wanessa, que irá interpretar o hino nacional.


Figuras do mundo político e cultural vão participar. Entre os parlamentares, destaque para Jean Wyllys (PSOL-RJ), a senadora Marta Suplicy (PT-SP) e Manuela D'Ávila (PCdoB-RS). Também confirmaram presença os ministros da Educação, Fernando Haddad, e Maria do Rosário, dos Direitos Humanos. Angélica Ivo, mãe de Alexandre Ivo, que foi assassinado aos 14 anos vítima de homofobia, também estará no evento.


O VIII Seminário LGBT antecede a II Marcha Nacional contra a Homofobia, que vai percorrer a Esplanada dos Ministérios na próxima quinta-feira (18), a partir das 9h.


Na semana que vem, acompanhe pelo site A Capa a cobertura do evento.


Serviço:
VIII Seminário LGBT
Dia 17/05, a partir das 9h
Local: Auditório Nereu Ramos - Câmara dos Deputados


9h30 – Abertura
Deputado Marco Maia - Presidente da Câmara dos Deputados
Senador José Sarney - Presidente do Senado Federal
Ministros do STF
Deputado Paulo Pimenta – Membro da Comissão de Legislação Participativa
Deputada Manuela d’Ávila - Presidenta da Comissão de Direitos Humanos e Minorias
Deputada Fátima Bezerra - Presidenta da Comissão de Educação e Cultura
Deputado Jean Wyllys - Coordenador da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT na Câmara dos Deputados
Senadora Marta Suplicy - Coordenadora da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT no Senado Federal
Toni Reis - Presidente da Associação de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais - ABGLT


Hino Nacional – Intérprete: Wanessa Camargo


10h30 – Mesa 1 – Direitos Civis LGBT: Quem ama tem direito de casar.
Coordenador: Deputado Jean Wyllys
Preta Gil – cantora e apresentadora de TV
Humberto Verona – Presidente do Conselho Federal de Psicologia - CFP
Ophir Cavalcante Júnior – Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil - CFOAB
Dra. Maria Berenice Dias – Instituto Brasileiro de Direito de Família - IBDFAM
Ana Catarina Mendonça Mendes - Deputada socialista portuguesa
Reverendo Márcio Retamero – Igreja da Comunidade Metropolitana (Comunidade Betel RJ)


12h30 – Intervalo


14h – Mesa 2 – Políticas Públicas LGBT
Coordenadora: Senadora Marta Suplicy
Pedro Chequer - UNAIDS
Vincent Defourny - UNESCO
Claudio Nascimento - Superintendente LGBT do governo do Rio de Janeiro
Fernando Haddad - Ministro da Educação - MEC
Alexandre Padilha – Ministro da Saúde - MS
Maria do Rosário Nunes – Ministra da Secretaria de Direitos Humanos - SEDH
Jovanna Baby – Presidente da Articulação Nacional das Travestis - ANTRA
Marinalva de Santana Ribeiro – Liga Brasileira de Lésbicas - LBL
Fábio Novo – Deputado Estadual do Piauí


16h30 – Mesa 3 – LGBT na Sociedade Civil – Cidadania LGBT
Coordenador: Deputado Paulo Pimenta
Bruno Bimbi – Escritor e Membro da Federação Argentina de LGBT
Ségio Viula - Escritor
Andre Fisher - Jornalista e diretor-executivo da revista Junior e criador do Mix Brasil
Jose Carlos Silva - Jornalista e criador da Revista S, do Rio de Janeiro
Sérgio Camargo – Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual – Prefeitura do RJ/RJ
Leandro Collin – Associação Brasileira de Estudos Homocultura - ABEH
Angélica Ivo - Mãe de Alexandre Ivo, adolescente assassinado em São Gonçalo por homofobia

Fonte: A Capa.

@dehzinho0

O capeta existe e tem muitos filhos!!







Essas fotos das necas aquendadas estão de raxar kkkkk

@dehzinho0

Dj Pitt Garcia solo






sexta-feira, 13 de maio de 2011

Deputado Antony Garotinho diz que vai entrar com pedido de anulação da decisão do Supremo sobre união gay e propor plebiscito




O deputado federal Anthony Garotinho, vice-presidente da Frente Parlamentar Evangélica, disse que vai entrar com decreto legislativo para anular decisão do Supremo que garantiu o reconhecimento de união homoafetiva.

"Pelo texto, o Legislativo poderá sustar atos normativos do Judiciário quando for verificada sua inconteste inconstitucionalidade", afirmou Garotinho.

Além de tentar anular a decisão do Supremo, a Frente Evangélica pretende propor um plebiscito para consultar a população sobre a união gay. 

Fonte: MixBrasil 



quarta-feira, 11 de maio de 2011

Deputado Bolsonaro leva panfleto antigay a escolas do Rio


Jair Bolsonaro mandou imprimir 50 mil cópias de um panfleto contra o plano nacional que defende os direitos dos gays. O deputado federal eleito pelo PP do Rio está distribuindo o material em residências e escolas do Estado. 

Um dos textos do impresso chega a associar a homossexualidade à pedofilia. 


Bolsonaro não revelou quanto gastou, mas já disse que pretende repassar a conta para os cofres públicos: fala em incluir a despesa em sua verba de gabinete e pedir reembolso da Câmara. 






"EMBOSCADOS"
 

"Apresento alguns dos 180 itens deste que chamo Plano Nacional da Vergonha, onde meninos e meninas, alunos do 1º Grau, serão emboscados por grupos de homossexuais fundamentalistas, levando aos nossos inocentes estudantes a mensagem de que ser gay ou lésbica é motivo de orgulho para a família brasileira", diz o folheto na primeira de suas quatro páginas. 


Segundo a leitura de Bolsonaro, que é capitão da reserva do Exército, o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais do governo cria de "cotas para professor gay", "batalhões policiais gays nos Estados", "Bolsa Gay" e "MST Gay". 


Mas o principal alvo é o que o deputado chama de "kit gay", material didático antidiscriminação preparado pelo Ministério da Educação que será distribuído a escolas públicas. No material há filmes em que adolescentes descobrem que são gays. 


"Querem, na escola, transformar seu filho de 6 a 8 anos em homossexual. Com o falso discurso de combater a homofobia, o MEC, na verdade incentiva a homossexualidade nas escolas públicas do 1º grau e torna nossos filhos presas fáceis para pedófilos", diz o panfleto do deputado. 


O MEC diz que o material ainda está sob análise, mas deve ser distribuído no segundo semestre somente em escolas do ensino médio, cujos alunos têm 14 anos ou mais. O uso será opcional. 



"FUNDAMENTALISTAS"
 

O secretário-executivo da Secretaria de Direitos Humanos, André Lázaro, e o presidente da ABGLT, Toni Reis, são citados no panfleto como "defensores do fundamentalismo homossexual". 


Reis diz que, apesar da imunidade parlamentar, entrará com queixa-crime contra Bolsonaro, devido à afirmação de que ele estaria de casamento marcado com um homem casado com sua mãe. 


Reis, cuja mãe já morreu, formalizou sua união estável anteontem. Seu parceiro jamais foi casado com ela, diz. 


Já Lázaro disse que o deputado "usa de má-fé" ao criticar o kit anti-homofobia, pois sabe que ele não será distribuído a crianças de seis anos. "O kit não tem conotação de estímulo a comportamentos." 


Lázaro descarta, porém, tomar medidas contra o deputado. "Nós, democratas, lutamos para que ele pudesse ter liberdade de opinar sobre os fatos, contrariamente à opinião dele, que defende a ditadura militar", afirmou. 

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br


12 horas para impedir a pena de morte a gays em Uganda!

Caros amigos,


Em 12 horas o parlamento ugandense pode votar uma nova lei brutal que prevê a pena de morte por homossexualidade. Milhares de ugandenses podem enfrentar a execução - apenas por serem gays.


Nós ajudamos a impedir esta lei antes, e podemos fazê-lo novamente. Depois de uma manifestação global massiva no ano passado, o presidente ugandense Museveni bloqueou o progresso da lei. Mas os distúrbios políticos estão crescendo em Uganda, e extremistas religiosos no parlamento estão esperando que a confusão e violência nas ruas distraia a comunidade internacional de uma segunda tentativa de aprovar essa lei cheia de ódio. Nós podemos mostrar a eles que o mundo ainda está observando. Se bloquearmos o voto por mais dois dias até que o parlamento feche, a lei expirará para sempre.


Nós não temos tempo a perder. Quase metade de nós já se juntou ao chamado - vamos chegar a um milhão de vozes contra a pena de morte para gays em Uganda nas próximas 12 horas - clique aqui para agir, e então encaminhe este e-mail para todos:


http://www.avaaz.org/po/uganda_stop_homophobia_petition


Ser gay em Uganda já é perigoso e aterrorizante. Eles são frequentemente assediados e espancados, e apenas há alguns meses o ativista de direitos gays David Kato (foto acima), foi brutalmente assassinado em sua própria casa. Agora os ugandenses da LGBT são ameaçados por essa lei draconiana que impõe prisão perpétua a pessoas condenadas por relações com o mesmo sexo e a pena de morte para "ofensores sérios". Até mesmo ONGs trabalhando para prevenir a disseminação do HIV podem ser condenadas por "promover a homossexualidade" sob essa lei cheia de ódio.


Agora mesmo, Uganda está em tumulto político - na onda da primavera árabe, pessoas através do país estão tomando as ruas, protestando contra os altos preços de comida e gasolina. O presidente Museveni respondeu reprimindo violentamente a oposição. Essa revolta forneceu aos extremistas religiosos no parlamento a chance perfeita de tirar da gaveta a lei homofóbica apenas dias antes do parlamento ser fechado e todas as leis propostas serem apagadas dos livros.


O presidente Museveni desistiu desta lei no ano passado depois da pressão internacional ameaçar a ajuda e auxílio a Uganda. Com protestos violentos varrendo as ruas, seu governo está mais vulnerável que nunca. Vamos fazer uma petição com a força de um milhão para impedir a lei da pena de morte para gays novamente e salvar vidas. Nós temos apenas 12 horas - assine abaixo, e então conte a amigos e família:


http://www.avaaz.org/po/uganda_stop_homophobia_petition


Este ano nós nos solidarizamos com o movimento de igualdade de Uganda para mostrar que toda vida humana, não importa o credo, nacionalidade ou orientação sexual, é igualmente preciosa. Nossa petição internacional condenando a lei da pena de morte para gays foi entregue ao parlamento - impulsionando uma rede de notícias globais e pressão suficiente para bloquear a lei por meses. Quando um jornal publicou 100 nomes, fotos e endereços de suspeitos gays e os identificados foram ameaçados, a Avaaz auxiliou uma ação legal contra o jornal e nós ganhamos! Juntos nós nos levantamos, por vezes e vezes, pela comunidade gay de Uganda - agora eles precisam de nós mais que nunca.


Com esperança e determinação,


Emma, Iain, Alice, Morgan, Brianna e o restante da equipe Avaaz

terça-feira, 10 de maio de 2011

O capeta existe e tem muitos filhos!!







Recebi um email com algumas fotos de beldades como essas, resolvi postar aqui para vocês!

Se sentir ofendido me manda um email que eu retiro o material ok ... rsrs


ou se alguém quiser me mandar material nesse estilo fique a vontade, o email do MANSTRUAÇÃO é manstruacao@hotmail.com

@dehzinho0

Lucas Malvacini ganha o título de Mister Brasil 2011




Lucas Malvacini
, o Mister Ilhas de Búzios, foi eleito Mister Brasil 2011, num concurso realizado no último sábado (07).

Lucas derrotou 38 candidatos e também ganhou como melhor corpo. O candidato do DF, César Curti, venceu como melhor modelo e ficou em terceiro na disputa final.

Com a vitória, o Mister Ilhas de Búzios ganhou uma bolsa de estudos no valor de R$ 100 mil e vai representar o Brasil no concurso Mister Mundo.
 










 
Entendeu porque o rapaz ganhou??

@dehzinho0